Deborah Lis ❉ (@deborahlis_oficial)

Blue 💙
pra ficar de alma leve!
Vestido floral Lefkata

Ianca Gomes (@iancagomesblog)

Pausaaaa para esses looks da Kylie que servem suuuuper para inspirações de fim de ano! Amo os looks dessa mulher 😍

Gabriela Rebello (@nutridicascomgabi)

Finalizando a terca feira com uma excelente apresentacao de TCC.
Banca Faculdade Salesiana de Vitória
Obrigada pelo convite @nutrianacrissoares

Cínthia Gonzaga (@ciinthiagonzaga)

O sorrisinho de quem finalmente tá de férias 🙃 #AMÉMSENHOR

Deborah Lis ❉ (@deborahlis_oficial)

Estamos #inlove por essa produção fresh, leve e chic!! ✨
Pantalona Cote d’azure e Cropped Mykonos

Gabriela Rebello (@nutridicascomgabi)

No dia a dia, atendo inúmeras pessoas com essa dúvida,por isso resolvi citar os 6 motivos mais comuns:

1⃣ Pré treino e pós treino inadequados:

O pré treino é uma refeição que deve ser realizada com atenção, pois realizado da forma errada ele tem grandes chances de diminuir o potencial do seu treino, o horário também é super importante já que a qualidade e quantidade dos alimentos vai depender disso. O pós treino, diferente do que muitos acham ele não precisa ser um suplemento, nem apenas ser fonte de proteína. O equilíbrio e as quantidades adequadas para seu biótipo é o mais importante!

2⃣Jejum prolongado:

A distribuição de calorias e nutrientes deve ser fracionada ao longo do dia. Muita gente super valoriza o pré e pós treino e esquece das outras refeições. O jejum é prejudicial para quem quer ganhar massa muscular, bem como cortar carboidrato. Menos carboidrato, menor será a sinalização da Mtor.

3⃣ Proteína e ingestão adequada:

Existe uma quantidade máxima de proteína que absorvemos por refeição. O maior erro observado é a qualidade dessa proteína e principalmente a quantidade adequada ao longo do dia (inclusive nos lanches).
4⃣Achar que pode viver de frango e batata doce:

O peito de frango é uma ótima fonte protéica, pois possui um baixo teor de gordura; a batata doce é um tipo de carboidrato complexo que evita o pico de insulina no sangue, mas não são as únicas fontes que podem ser utilizadas na rotina alimentar. Se você quer ter resultados coloque em mente que deverá se alimentar bem a longo prazo e essa monotonia alimentar não é recomendada.

5⃣Cortar totalmente a gordura da dieta:

O recomendado é que 20% a 30% da sua dieta seja composta por gorduras, porém com as fontes insaturadas devem estar em maior proporção que as saturadas. Cortando totalmente esse grupo alimentar você só vai conseguir diminuir a síntese adequada de testosterona (hormônio essencial para o ganho de massa muscular).
.
6⃣Cortar todo tipo de carboidrato:

Muita gente acredita que está cortando os carboidratos, mas está apenas evitando os carboidratos simples. Isso tem que ser orientado pelo seu nutri. Além disso, nem todo paciente tem indicação para dietas assim.

Santa Rainha (@santarainha)

Longo de poas mais perfeito! 😍😍😍 (R$329,00)

Gabriela Rebello (@nutridicascomgabi)

Você gosta de açúcar? Bom, pois saiba que células cancerígena também. É simples: já é sabido há décadas, quando Otto Heinrich Warburg, um médico alemão, levou o prêmio Nobel de Medicina ao descobrir que células cancerígenas gostam tanto de açúcar que, nos períodos em que o tumor se desenvolve rapidamente, elas digerem o açúcar até 200 vezes mais rápido que células normais[1]. E neste ano, pesquisadores[2] descobriram o motivo: o consumo hiperativo do açúcar pelas células cancerígenas é um ciclo vicioso que ocorre pois a fermentação da substância no interior da células fornece energia e desencadeia mutações, fazendo com que o tumor aumente mais rápido.
E não é apenas com o câncer que devemos nos preocupar quando falamos sobre o consumo do açúcar refinado. Quando eu disse que o açúcar causa um ciclo vicioso não me refiro apenas às células cancerígenas, mas ao cérebro também - pois a soma das sensações que sua ingestão causa tornam o prazer mais potente e a vontade de consumir foge do controle.

O açúcar vem sendo associado em diversas pesquisas a problemas cardiovasculares, obesidade e diabetes, pois seu consumo em excesso pode agravar os riscos de se contrair essas doenças, uma vez que ele é um produto altamente calórico e sem nenhum valor nutricional.
E então, depois de saber de tudo isso, qual é a resposta para a pergunta com que iniciei o post? Busquem sempre se informar sobre os riscos e malefícios à saúde daquilo que estão ingerindo. Agora vocês já sabem um pouco mais sobre o que o açúcar refinado é capaz de fazer. Que tal reeducar o paladar? Pensem nisso!
More...