Ana Paula Pujol (@anapaulapujol) [similar]

A determinação🤓, paixão pela ciência 😍e o desejo de ajudar o próximo🙌 traduzem minha prática clínica e educacional nesses 16 anos de profissão.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Você já deve ter recebido uma informação de que o sal rosa é impróprio para consumo humano. Esta informação foi baseada em um experimento realizado por uma química e apresentado em um congresso, mas ainda não foi publicada oficialmente em periódicos científicos.
.
.
De acordo com levantamento bibliográfico  realizado, há poucos estudos e informações científicas publicados sobre o sal rosa.. No Brasil, não há regulamentação específica, nem tampouco análise química do sal rosa disponível comercialmente.  Entretanto, é importante salientar que o sal rosa passa por órgãos reguladores na Europa e nos EUA e, nestes países os testes são positivos quanto à sua adequação e pureza.
.
.
Bastos e cols. (2017) compararam a a composição do sal rosa com a do sal comum. Como resultado, as concentrações de sódio foram semelhantes entre as amostras com diferença de somente 2,61%. .
.
Alegações de que o sal rosa'é fonte de minerais são precoces e não fundamentadas, pois apesar de em algumas análises do sal rosa comprovarem quantidade de minerais superior  ao sal refinado, as quantidades encontradas são insignificantes em relação às necessidades diárias.
.
.
Dicas!✨ 👉 Se couber no seu orçamento, prefira versões não refinadas (sal marinho moído, sal rosa, sal negro, sal marinho cinza de Guérande, por exemplo). 👉 Verifique no rótulo se o sal é iodado. Por lei, é obrigatório adição de iodo no sal comercializado no Brasil (de 15 a 45 mg de iodo por quilo de sal). No entanto, no estudo de Bastos e cols. (2017) a concentração de iodo nas amostras de sal rosa, sem adição de iodo foi de apenas 10 mg de iodo, um valor inferior ao exigido. 👉 Consuma com moderação!
👉  E o mais importante! 🚩 Atente-se à qualidade da alimentação em geral. Não adianta consumir o melhor sal em uma alimentação ruim!

Referência 📚
BASTOS, A. B. et al. Análise E Comparação Da Composição Química Inorgânica Do Sal De Cozinha Com O Sal Rosa Do Himalaia Pelo Método De Fluorescência De Raios-X Por Dispersão De Ondas. The Journal of Engineering and Exact Sciences - JCEC, v. 3, n. 4, 2017.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

#Repost @institutoapp (@get_repost)
・・・
Está chegando o grande dia😍😱🍏
O 5º Encontro de Nutrição Esportiva e Estética, maior evento da área do sul do país, está sendo preparado com todo amor e carinho para você!💚
Nos dias 24 e 25 de novembro, Balneário Camboriú recebe os maiores profissionais da área da nutrição para um encontro cheio de conhecimento e troca de experiência.📚🍉🌴🌊
⭐️Não fique de fora!!!!⭐️
Adquira seu ingresso ✨EM ATÉ 3x SEM JUROS✨ e confira nossas promoções para grupos de estudantes e profissionais.👇🏻
http://www.nutricaoesportivaestetica.com.br/

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

O valor nutricional do arroz selvagem arroz selvagem (Zizania spp.) é uma  rica fonte de compostos fenólicos, flavonoides, fitoesteróis, fibras dietéticas e ácido sinápico. .
.
Apenas alguns anos atrás, a FDA identificou o arroz selvagem como um grão integral, embora, do ponto de vista botânico, não tenha relação com o gênero ou família do grão de arroz convencional. .
.
Independentemente disso, as descobertas de atividades de pesquisa em curso apoiam as propriedades promotoras da saúde do arroz selvagem, particularmente seus efeitos hipocolesterolêmicos e antioxidantes. .
.
.Observações recentes sugerem que o consumo prolongado de arroz selvagem previne a aterogênese em camundongos LDL-r-KO.
.
.
 Essas informações, além de outras evidências, sugerem que a investigação adicional sobre a funcionalidade do arroz selvagem para a prevenção e/ou o tratamento de uma série de Doenças Crônicas. .
.
.
REFERÊNCIA
SURENDIRAN, Gangadaran et al. Nutritional constituents and health benefits of wild rice (Zizaniaspp.). Nutrition Reviews, v. 72, n. 4, p.227-236, 28 mar. 2014.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Repost from @diet.one
Você sabe que o Diet One possui uma base de dados recheada de formulações para lhe auxiliar na prática clínica? 👍👍🤗 .

Nós sabemos o quanto é difícil mensurar o valor 💲💲 de uma Prescrição de suplementos e fitoterápicos.🍃🍀🌸
.
Este E-book, nada mais é, do que um compilado de todas as formulações presentes no Diet One, 📒com a apresentação de uma margem de preço💰 realizada por uma farmácia parceira.(Florata Farmácia de Manipulação - Balneário Camboriú/SC).
.
Com o intuito de facilitar e até mesmo preparar o seu paciente, com uma noção de investimento demonstrada a partir de uma margem de preço. ❗️❗️Baixe agora mesmo na Diet One Store.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Tem vídeo novo no meu canal do Youtube!
No vídeo eu falo da importância de consumir carboidratos com alta densidade nutritiva, ou seja, quais os carboidratos mais indicados para consumir quando o objetivo é saúde e emagrecimento!
O meu canal é: Ana Paula Pujol Nutricionista
https://youtu.be/tEizaeQefTE

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

✅ A farinha de trigo denominada “integral” deveria ser proveniente da moagem de grãos inteiros ou íntegros, contendo o gérmen, o endosperma e o farelo. ✅ Quando ocorre remoção do farelo e gérmen (como no caso da farinha branca ou refinada) permanece somente endosperma amiláceo, com alta resposta glicêmica e contendo pouca fibra, minerais ou outros nutrientes. .
.
✅ Quando somente o gérmen é removido, também ocorre perda de fibras e nutrientes. .
.
✅  No Brasil, quase a totalidade dos moinhos produtores de farinha de trigo integral, na verdade não moem o trigo íntegro, mas utilizam uma mix da farinha refinada com o farelo e com a exclusão do gérmen, pois é mais interessante para a indústria de alimentos e da panificação e este processo é resguardado pela legislação brasileira. 😱😱😕 .
.
✅ A legislação no Brasil determina que a farinha de trigo integral como “produto elaborado com grãos de trigo (Triticum aestivum L.) ou outras espécies de trigo do gênero Triticum , ou combinações por meio de trituração ou moagem e outras tecnologias ou processos a partir do processamento completo do grão limpo, contendo OU NÃO o gérmen”. 😟 .
.
✅  Desta forma, os alimentos produzidos com “farinha integral” no Brasil, possivelmente possuem maior resposta glicêmica pelo fato de não processar o grão íntegro e excluírem  o gérmen. .
.
✅ Uma sugestão de farinha que preserva todas as partes do trigo, ou seja, realmente integral é a farinha integral da @maeterraoficial.
.
.
.
✅Dica: compre o grão de trigo em casas de produtos naturais e moer em casa com um processador potente.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Sobre o vazio e a comida:

Quando bebês, inconscientes, aprendemos que o alimento (o leite materno) nutre o corpo e a dor!
A dor de sair do aconchego do ventre materno e tão pequeno enfrentar o desconhecido. E assim, conhecemos o alívio que o afago e o alimento, juntos proporcionam.
.
.
Um pouco mais crescidinhos, ganhamos um pirulito 🍭 quando nos comportamos ou não choramos na aplicação da vacina, e então, reforçamos a associação da comida como recompensa e alívio da dor e do medo.
Ainda crescidinhos aprendemos na escola que todo vazio pode ser preenchido.
.
.
Entendemos que as dores da alma, a insegurança, a baixa autoestima e o medo podem ser preenchidos também pois se tratam de vazios! O vazio existencial! E então, subitamente buscamos a comida como alívio, como preenchimento! E inicia-se o ciclo do vício e compulsão por comida!
.
.
Exauridos pelo padrão de beleza imposto pela sociedade preencher o vazio com comida é devastador pois reflete no formato do corpo, gera culpa, frustração e mais, mais vazio, dor, mais peso e menos autoaceitação.
.
.
É o que eu me deparo diariamente com muitos pacientes (incluindo estudantes de nutrição e nutricionistas). Pessoas que não se aceitam, com uma relação devastadora com a comida e com o corpo! Buscando resultados rápidos para mudar o corpo rapidamente, na ânsia desesperadora de recuperar o "estrago" que o excesso de comida e de vazio causou.
.
.
Acredito que é preciso mais! É preciso olhar para si! Para dentro! Acalmar a mente, aquietar o coração, silenciar e buscar ajuda profissional para identificar exatamente o que falta, o verdadeiro vazio.
.
.
Afinal, não há como preencher um vazio se não soubermos onde ele verdadeiramente está!

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Encerramos as matrículas do programa Nutrir Consciente! 🌸Eu e a @vanessabaadnutri queremos dar boas vindas aos alunos da turma e dizer que estamos imensamente felizes com a participação de todos vocês. Vamos começar a partir de segunda uma caminhada de educação nutricional baseada em muita comida de verdade. 🌸

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

✨✨Atenção Teresina✨✨ O último curso sobre Dietas Low Carb / Jejum Intermitente com a Dra @anapaulapujol acontece na cidade de Teresina - PI! Foram 17 cidades ao longo destes 12 meses em que pude compartilhar minha experiência e conhecimento sobre o tema. ••• O curso acontece neste sábado no 📍hotel Blue Tree Towers Rio Poty, com início às 9h.
•••
🛑Últimas vagas disponíveis! Inscreva-se no site (link na bio)
#lowcarb #lowcarbbrasil #jejumintermitente #jejum #dietas #dieta #dietalowcarb #anapaulapujol #cursopresencial #nutrição #nutricionista #cursonutricao #nutriçãoteresina #teresina #pi

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

🌿❤️🍇 A alimentação pode desempenhar um papel importante na patogênese da aterosclerose.
Quase todos os ensaios clínicos nos anos 1960, 1970 e 1980 compararam as dietas habituais com aqueles caracterizados por baixa gordura total, baixa gordura saturada e baixo colesterol na dieta. Essas dietas reduziram os níveis de colesterol. .
.
🍇❤️ No entanto, eles NÃO reduziram a incidência de infarto do miocárdio ou morte por doença coronária.
.
.

Com base em importantes estudos é evidente que os padrões alimentares consistentes com a dieta tradicional do estilo mediterrâneo possuem ação cardioprotetora. As dietas de estilo mediterrâneo são eficazes na prevenção de doenças coronárias, mesmo que não diminuam o colesterol sérico total ou o colesterol LDL.
.
. ❤️🍇 A dieta do estilo mediterrâneo, com foco em vegetais, frutas, peixe, grãos inteiros e azeite, provou reduzir os eventos cardiovasculares em um grau maior do que as dietas com baixo teor de gordura e igual ou maior do que o benefício observado nos testes de estatina .
.
.
📚 DALEN, James E.; DEVRIES, Stephen. Diets to prevent coronary heart disease 1957-2013: what have we learned?. The American journal of medicine, v. 127, n. 5, p. 364-369, 2014.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

A acne é uma doença de pele, multifatorial, que se manifesta por quadro inflamatório das unidades pilossebáceas (pelos e glândulas de gordura).
.
.
A fisiopatologia da acne abrange quatro principais fatores: produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas, hiperqueratinização folicular, colonização bacteriana do folículo e liberação dos mediadores de inflamação no folículo e na derme adjacente, sendo que todos esses fatores se encontram amplamente relacionados
.
.
A Cúrcuma longa ou açafrão da terra, possui  curcumina com propriedade moderadamente eficaz contra substâncias inflamatórias TNF- α e IL-8, onde sugere-se que sua capacidade anti-inflamatória seja pela capacidade de inibir estas substâncias e eliminar as espécies reativas de oxigênio envolvidas no processo inflamatório da acne vulgar. .
.
A Cúrcuma longa pode inibir a 5 alfa redutase, ou seja, possui efeito antiandrogênico.
.
.
Adicionalmente, ela  INIBE a  mTORC1 que ativa  o SREBP, o fator de transcrição mestre da lipogênese, ou seja o fator chave na produção de sebo.
.
.
 O mTORC1  ativado aumenta a secreção de hormônio androgênico e provavelmente amplifica a sinalização mTORC1 com androgênio de folículos sebáceos agravando a acne.
.
Normalmente utiliza-se 100  a 200 mg de Cúrcuma longa padronizada a 95% de curcuminoides 2 vezes ao dia. Consulte um nutricionista para prescrição personalizada.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

O Nutrir Consciente é um programa completo de Nutrição totalmente online. .
.

Este programa é pra você:
👇🏻
✔️Para ter um relacionamento melhor com a comida, sem culpa, radicalismos e com muito prazer! .
.
✔️Ter uma alimentação nutritiva com alimentos simples, que você encontra na feira e no supermercado. .
.
✔️Controlar a ansiedade, compulsão alimentar, reconhecendo os sinais da fome e saciedade. .
.
✔️Para ter mais saúde, qualidade de vida e longevidade! .
.
✔️Aprender técnica dietética do dia a dia como: congelamento, preparo, higienização correta dos alimentos, receitas e dicas práticas; .
.
.
✔️ Entender quais alimentos e combinações tornam as refeições saudáveis.
.
. ✔️Este programa não é uma dieta rigorosa ou um regime alimentar baseado em modismos ou restrições alimentares. Trata-se de um programa de nutrição e mudança de comportamento alimentar para que você possa comer bem, com prazer, escutando suas emoções e a sua fome. .
.
✔️Um programa online de 6 semanas de Nutrição com muita informação prática e motivação elaborado e acompanhado exclusivamente por mim e pela nutricionista @vanessabaadnutri .
.
✔️Acesso à plataforma de vídeos teóricos e práticos por 1 ano! .
.
✔️Informações e inscrições no link da Bio (só até dia 26/09)! Estamos na reta final e as vagas estão esgotando! .
.
.
✔️Você é o ÚNICO responsável pela vida que tem levado, inclusive pela sua saúde! Quais desculpas continuará dando para você e para os outros para não sair da sua zona de conforto?

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Nutrição é uma ciência de verdades transitórias! Cada dia é uma informação diferente que gera dúvidas e exclusões alimentares desnecessárias. .
.
.
Pensando nisso, resolvi criar um Canal no Youtube com informação de qualidade, quebra de mitos e uma pitada de comportamento alimentar!
.
.
O canal possui uma linguagem adaptada ao público leigo! Se inscreva no canal, curta e deixe seus comentários.
.
Canal: Ana Paula Pujol Nutricionista

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

O consumo excessivo de açúcares de adição nos domicílios brasileiros, ultrapassam em mais de 60% o limite máximo de consumo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) 😱😱😱 Esse cenário foi observado em todas as regiões do país, no meio urbano e rural e em todas as classes de renda.
😱 .
.
Existem mecanismos plausíveis e evidências de pesquisa que apoiam a hipótese de que o consumo de açúcar em excesso promove o desenvolvimento de Doenças Cardiovasculares e Diabetes Mellitus 2, tanto direta quanto indiretamente, e que o consumo de açúcar adicionado está associado ao desenvolvimento e/ou prevalência de esteatose hepática, dislipidemia, resistência à insulina, hiperuricemia, DCV e DM2, geralmente independentes do ganho de peso corporal ou da ingestão total de energia. .
. 🚩 Detalhe! O açúcar de adição nos alimentos industrializados e ultraprocessados podem estar disfarçados com distintos nomes:👉 xarope de glicose e todos os xaropes, açúcar invertido, maltodextrina, amido modificado,lactose, maltose, melaço, frutose, dextrose, açúcar de confeiteiro, néctar de agave, etc.
😕 .
.
🚩 Moderação! Distintas recomendações de órgãos internacionais para o consumo máximo de açúcar de adição são realizadas, sendo a maioria delas, incluindo o Guia Alimentar para População Brasileira, de até 10% do valor energético total (VET) da dieta. 👇
Marque um amigo que come muito açúcar de adição e escreva nos comentários outros nomes de açúcares disfarçados nos rótulos!
.
📚
LEVY, R.B. et al. Disponibilidade de “açúcares de adição” no Brasil: distribuição, fontes alimentares e tendência temporal. Rev Bras Epidem, v. 15, n. 1, 2012
.
MIRRAHIMI, A. et al. Associations of glycemic index and load with coronary heart disease events: a systematic review and meta-analysis of prospective cohorts. J Am Heart Assoc, v. 1, 2012.
FAN, J. ZHANG W. Dietary glycemic index, glycemic load, and risk of coronary heart disease, stroke, and stroke mortality: a systematic review with meta-analysis. PLoS One, 2012.

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Não garantiu o valor de 2º lote ainda? Restam poucos dias...⏳🏃🏻‍♀️🏃🏽
•••
Acesse o site e confira os preços especiais para grupos de estudantes e profissionais 💁🏽‍♂️ www.encontro.institutoapp.com.br
#nutricao #encontrodenutrição #nutrição #nutriçãoesportiva #nutriçãoestética #5enee2017 #balneariocamboriu #sc #saude #saudeebemestar #saúdeequalidadedevida

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

.
.
A-folhas
B- polpa
C -óleo
D-casca
E- caroço .
.
.
✅ O abacate possui notável qualidade nutricional, pois contém grande quantidade de vitaminas (vitamina E), minerais, proteínas e fibras, além do elevado teor de lipídios, predominantemente o ÁCIDO OLEICO que confere destaque ao fruto como auxiliar na PREVENÇÃO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES. .
.
✅ Além disso, contém níveis elevados de compostos fitoquímicos bioativos, carotenoides, esterois, compostos fenólicos, fitoestanois e proteínas.
.
. ✅ Os constituintes farmacologicamente ativos do abacate estão presentes no FRUTO, CASCA, CAROÇO, ÓLEO e até mesmo na FOLHA. Eles demonstram possuir atividade ANTIFÚNGICA, ANTI-INFLAMATÓRIA E ANTIOXIDANTE. .
.
✅ Além disso, o consumo diário de fitoesterois e fitoestanois DIMINUI OS NÍVEIS SÉRICOS DE COLESTEROL, LEVANDO À PREVENÇÃO DE DCV E POTENCIAL PROTEÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE CÂNCER.
.
. ✅ O abacate reduz a insulina pós prandial, tem efeito HIPOGLICÊMICO E NO CONTROLE DO PESO POR MEIO DA REDUÇÃO DO APETITE. .
.
📚🚩 FONTE: Livro Estratégia Low Carb (publicação prevista para novembro de 2017 pelo @institutoapp)

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Restam apenas 15 vagas 😱😱😱 ・・・
Sabe quando eu falo para vocês procurarem um estilo de vida alimentar e não focar em dieta? 🤗 Quando a gente foca em um número na balança ou na calça os resultados parecem não aparecer. Mas quando você entende que o foco é você e que a partir disso você precisa exercitar e MUDAR a forma que enxerga a alimentação, tudo fica mais fácil. 🌸 Eu e a @vanessabaadnutri estamos com as matrículas do Programa Nutrir Consciente aberta, a turma pioneira tem vagas limitadas pois estaremos acompanhando os participantes com toda nossa dedicação. Será um prazer ter você conosco nessa caminhada - afinal, não é dieta, é um estilo de vida! 💜💗 Link para participar do programa na Bio/perfil. #nutrirconsciente #programa #comerconsciente #mindfulness

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

Com a popularização das dietas sem glúten, inúmeros produtos alimentícios sem glúten estão disponíveis e o consumo destes produtos tem aumentado exponencialmente.
✅ Mas, será que glúten realmente faz mal?
✅ Precisa tirar o glúten para emagrecer?
✅
Mesmo quem não tem doença celíaca e sensibilidade ao glúten, vale a pena consumir trigo? ✅ Confira o vídeo no meu Canal do Youtube: Ana Paula Pujol Nutricionista ✅ Acesso ao vídeo: goo.gl/zPzopF

Ana Paula Pujol (@anapaulapujol)

💚l a n ç a m e n t o 💚
O fisiculturismo, também conhecido como Bodybuilding, premia o atleta que melhor molda seu corpo. Juízes avaliam volume, simetria, proporção e definição dos músculos.
•••
Além de estratégias de treinamento, é necessária uma alimentação especial. Quer saber como elaborar uma boa estratégia nutricional antes e após as competições? •••
Nesta aula, a Nutricionista @vanessalodinutriesportiva compartilha sua prática clínica e aborda os fatores que devem ser considerados na hora de elaborar o plano alimentar e suplementação do fisiculturista.
•••
Inscreva-se no site (link na bio do @institutoapp ) nutri #nutricao #nutricionista #atendimento #clinica #saude #ead #online #consultorio #especialização #gravando #nutrinapratica #iapp#institutoapp #anapaulapujol #aulaonline #fisiculturismo #bodybilder #bodybilding #suplementacao #suplementacaoatletica #atletas #competição #dietaparacompetição #musculos
More...